Fortuna Crítica


O GPLV solicita, e agradece, contribuições que corrijam dados aqui registrados ou informem sobre notas, registros, resenhas, artigos, comentários, análises e demais formas de recepção crítica que tratem da obra de Luiz Vilela e não estejam neste banco de dados.



TRABALHOS SOBRE LUIZ VILELA

(clique nos links, indicados pelas cores ou pelo sublinhados, e acesse 

o artigo ou o Currículo do pesquisador ou orientador)



TESES SOBRE LUIZ VILELA

FERREIRA, Yvonélio Nery. Percursos do silêncio: as narrativas de Luiz Vilela. 2015. (Doutorado em Literatura). Universidade Federal de Santa Catarina, UFSC. Orientador: Tânia Regina Oliveira Ramos.

RAUER [Rauer Ribeiro Rodrigues]Faces do conto de Luiz Vilela. Araraquara, SP, 2006. 2 volumes. Tese (Doutorado - Estudos Literários) - FCL-Ar, UNESP. Orientador: Luiz Gonzaga Marchezan. [Também disponível na Biblioteca da UNESP].



TESES COM CAPÍTULOS SOBRE LUIZ VILELA

COSTA, Cristiane HenriquesEscritores jornalistas no Brasil – 1904/2004. Rio de Janeiro, 2004. Tese (Doutorado em Comunicação) – UFRJ. Orientador: Muniz Sodré.

DALLA PALMA, MoacirA Violência nos contos e crônicas da segunda metade do século XX. 2008. 229 p. Doutorado. Universidade Estadual de Londrina – Letras. Orientador: Luiz Carlos Santos Simon.

LIMA, Susana Moreira de. O outono da vida: trajetórias do envelhecimento feminino em narrativas brasileiras contemporâneas. Brasília, 2008. 194 f. Tese (Doutorado em Letras, Teoria Literária e Literaturas) - Universidade de Brasília -  UnB. Orientadora: Regina Dalcastagnè.

MAJADAS, Wania de SousaSilêncio em prosa e verso: minério na fratura das palavras. São José do Rio Preto, 2004. 216 f. Tese (Doutorado em Letras, Teoria da Literatura) – Ibilce, Unesp. Orientador: Antonio Manoel dos Santos Silva. (Ver abaixo a seção ARTIGOS EM LIVROS).



DISSERTAÇÕES SOBRE LUIZ VILELA

AMARAL, PaulianeA função-autor no roman à clef : Um estudo sobre personagem e narrador em O inferno é aqui mesmo, de Luiz Vilela. Campo Grande, 2013, 177 fls. (Dissertação de Mestrado, Estudo de Linguagens) — CCHS / UFMS. Orientador: Rauer Ribeiro Rodrigues.

ARAÚJO, Rosana da SilvaFicção e História em Os novos, de Luiz Vilela. Três Lagoas, MS, 2013. 122 f. Dissertação (Mestrado, Letras, Estudos Literários) - CPTL/UFMS. Orientador: Rauer Ribeiro Rodrigues.

CAMARGO, Áureo JoaquimA poética da simplicidade: os menores contos de Luiz Vilela. Três Lagoas, MS, 2009. 104 p. Mestrado. Fundação Universidade Federal de Mato Grosso do Sul – Letras. Orientadora: Sheila Dias Maciel.

DELGADO, Laura Eliane de Magalhães AlvarezA alteridade em narrativas de Luiz Vilela. Campo Grande, 2012. 182 f. Dissertação (Mestrado, Estudos de Linguagens) – DLE/CCHS /UFMS. Orientador: Rauer Ribeiro Rodrigues.

FARIAS, Isaias LeonidioO erotismo no romance Graça, de Luiz Vilela. Campo Grande, 2011. 98 f. Dissertação (Mestrado, Estudos de Linguagens) – DLE/CCHS/UFMS. Orientador: Rauer Ribeiro Rodrigues.

FERREIRA, Elioenai Padilha"Nunca mais”: a morte nos contos de Luiz Vilela. 2008. 130 p. Mestrado. Universidade Federal do Paraná – Letras. Orientadora: Raquel Illescas Bueno.

FERREIRA, Yvonélio NeryHumanismo e ironia nos contos de Luiz Vilela. Uberlândia, MG, 2008. 124 p. Mestrado. Universidade Federal de Uberlândia - Letras. Orientadora: Maria Ivonete Santos Silva.

FRANJOTTI, Ronaldo VinagreO mundo como GRAÇA e representação – epifania, polifonia e niilismo em Luiz Vilela. Campo Grande, 2011, 123 fls. Dissertação (Mestrado, Estudos de Linguagens) – PPMEL, UFMS. Orientador: Rauer Ribeiro Rodrigues.

GONÇALVES, Lucas FernandoA “Graça” do Nada: Alguns aspectos filosóficos da ficção de Luiz Vilela. Campo Grande, MS, 2014, 137 fls. Dissertação (Mestrado, Estudos de Linguagens) – PPG-MEL, UFMS. Orientador: Rauer Ribeiro Rodrigues.


LOPES, Ângela Nubiato. Luiz Vilela em contexto educacional extracurricular: alternativas metodológicas para o ensino de Literatura. Três Lagoas, 2016, 573 fls. (Dissertação de Mestrado –  orientador: Prof. Dr. Rauer Ribeiro Rodrigues; co-orientadora: Profa. Dra. Eunice Prudenciano de Souza) – UFMS/CPTL.

MACHADO, Karina Torres. Literatura, escolarização e práticas de ensino: a recepção de contos de Luiz Vilela no Ensino Fundamental. Três Lagoas, MS, 2015. Dissertação (Mestrado profissional em Letras - PROFLETRAS) - Universidade Federal de Mato Grosso do Sul, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior. Orientador: Rauer Ribeiro Rodrigues.

MAJADAS, Wania de SousaO diálogo da compaixão na obra de Luiz Vilela. 1992. 248 p. Mestrado. Universidade Federal de Goiás – Letras. Orientadora: Ana Maria Lisboa de Mello. (Ver abaixo a seção LIVROS).


PEREIRA, Londina da CunhaO chiste epifânico em Luiz Vilela. Campo Grande, 2010. Dissertação (Mestrado em Estudos de Linguagens) – UFMS. Orientador: Rauer Ribeiro Rodrigues.

PEREIRA, Rodrigo AndradeResignação e tormenta: Traços do Bildungsroman em contos de Luiz Vilela. Três Lagoas, MS, 2009. Dissertação (Mestrado em Letras – Estudos Literários) – UFMS. Orientador: Rauer Ribeiro Rodrigues.
.
REIS, Raquel Celita Penhalves dosO antropófago mineiro: Um estudo sobre a ficção de Luiz Vilela. Três Lagoas, 2013, 200 fls. Dissertação (Estudos Literários) – UFMS / CPTL. Orientador: Rauer Ribeiro Rodrigues.

SENA, Aline de JesusDa submissão à dominação: as mulheres na obra de Luiz Vilela. Campo Grande, 2010, 149 fls. Dissertação (Mestrado, Estudos de Linguagens) — PPGMEL, UFMS. Orientador: Rauer Ribeiro Rodrigues.

SILVA, Janaína Paula Malvezzi Torraca da. Eros e civilização em Luiz Vilela: a repressão sexual em narrativas no ambiente escolar. Três Lagoas, MS, 2013. Dissertação (Mestrado em Letras) – UFMS. Orientador: Rauer Ribeiro Rodrigues.

SILVA, Julieta Maria Rodrigues da. A presença da oralidade nos contos de Luiz Vilela. 2005. 119 p. Mestrado. Universidade de São Paulo – Lingüística. Orientadora: Leonor Lopes Favero.

SILVA, Thiago Fagundes. Inadequados e incomunicáveis: um passeio pelas ruínas da modernidade nos contos de Luiz Vilela. 2013. (Mestrado em andamento em Letras/Estudos Literários). Universidade Estadual de Montes Claros -  UNIMONTES. OrientadorA: Rita de Cássia Silva Dionísio.

TAMURA, Celia MitieA pornografia da morte e os contos de Luiz Vilela. Campinas, SP, 2006. 146 p. Mestrado. Universidade Estadual de Campinas - Teoria e História Literária. Orientador: Antonio Arnoni Prado.

TORRE, Felipe Santos de. A animalidade e a condição humana: aspectos zooliterários na obra contística de Luiz Vilela. 2013. (Mestrado em Letras). Universidade Estadual de Londrina, UEL. Orientador: Luiz Carlos Santos Simon.

VAZ, Paula Gerez Robles CamposConfigurações do amar: as afetividades em Luiz Vilela. 2008. 209 p. Mestrado. Universidade Estadual de Londrina – Letras. Orientador: Luiz Carlos SantosSimon.

WIDER, Maria Rita de Oliveira. O Eu e a Máscara em "O choro no travesseiro", de Luiz Vilela. Três Lagoas, MS, 2007. 118 p. Mestrado. Fundação Universidade Federal de Mato Grosso do Sul – Letras. Orientadora: Sheila Dias Maciel.



DISSERTAÇÕES COM CAPÍTULOS 
SOBRE LUIZ VILELA

MAROCA, Viviane Monteiro. Nos rastros dos novos: o fazer crítico e literário do Suplemento Literário do Minas Gerais (1966-1975). 153 p. Belo Horizonte, 2009. Dissertação (Mestrado em Teoria da Literatura – Literatura, História e Memória Cultural) – UFMG. Orientadora: Haydée Ribeiro Coelho.

NUNES, Eliana Mirian FerreiraGeração suplemento: memória e representação cultural. 134 p.  Mariana, 2012. Dissertação (Mestrado em Letras) - UFOP. Orientadora: Dulce Maria Viana Mindlin

SIQUEIRA, Neusa Lucas deManifestação da oralidade em contos contemporâneos: organização e interação nos diálogos literários. 2006. 144 p. Mestrado. Pontifícia Universidade Católica de São Paulo - Língua Portuguesa. Orientadora: Leonor Lopes Favero.



TRABALHOS DE ESPECIALIZAÇÃO 
SOBRE LUIZ VILELA

CARNEIRO, Sandra Gimenez. O tempo no romance “Graça”, de Luiz Vilela. Aquidauana, MS, 2003. Monografia (Especialização - Curso de Letras). Universidade Federal de Mato Grosso do Sul. Orientadora: Kelcilene-Grácia  Rodrigues.

FERREIRA, Elioenai PadilhaO conto filosófico em Luiz Vilela. 2001. Monografia (Especialização em Literatura Brasileira). Universidade Estadual de Ponta Grossa, UEPG.  Orientador: Thereza Cristina Pusch.

FERREIRA, Yvonélio Nery. A tentativa de apagamento da identidade das personagens dos contos de “Tremor de terra”, de Luiz Vilela. Uberlândia, MG, 2006. Monografia (Especialização, Linguística). Curso de Letras, Universidade Federal de Uberlândia. Orientador: Cleudemar Alves Fernandes.

PAVANELLO, Angélica CristinaA construção do Narrador e Personagens em Perdição, de Luiz Vilela.  2013. Monografia (Especialização em Estudos Contemporâneos em Literatura). Universidade Estadual do Norte do Paraná. Orientador: Miguel Heitor Braga Vieira. 
                      
RAUER. [Rauer Ribeiro Rodrigues.] O gênio e o urubu; comentários à recepção jornalística do romance “Entre amigos”, de Luiz Vilela. Uberlândia, MG, 2001. 90 f. Monografia (Especialização em Literatura Comparada) – orientador: Joana Luiza Muylaert de Araújo. Instituto de Letras e Linguística - ILEEL, Universidade Federal de Uberlândia. [Disponível nos apêndices de Faces do conto de Luiz Vilela].

TORRE, Felipe Santos deA morte da privacidade nos contos de Luiz Vilela. 2012. Monografia (Especialização em Literatura Brasileira).  Universidade Estadual de Londrina, UEL. Orientador: Luiz Carlos Santos Simon.



TCC'S SOBRE LUIZ VILELA

MOREIRA, Iris MaltezDemandas da solidão urbana em Luiz Vilela. 2005. TCC (Graduação em Letras).  Centro Universitário Jorge Amado, UNIJORGE. Orientador: Carlos Augusto Magalhães.

NASCIMENTO,Lindalva GouveiaA angústia na ficção de Vilela2010. TCC (Graduação em Letras). Universidade Federal de Campina Grande, UFCG. Orientador: José Mário da Silva.

OLIVEIRA, Kenia de SouzaO deslocamento do narrador no plano espaço-temporal como responsável pela transformação de seu posicionamento no plano ideológico: uma abordagem do conto " As neves de outrora" de Luiz Vilela. 2005. TCC (Graduação em Letras). Fundação Educacional de Ituiutaba. Orientadores: Giuliana Ribeiro Carvalho e Sonia Maria Pereira Maciel.
  
PAVANELLO, Angélica CristinaA solidão e o espaço nos contos de LuizVilela. 2011. TCC (Graduação em Letras). Universidade Estadual do Norte do Paraná. Orientador: Prof. Miguel Heitor Braga Vieira. 

SANTOS, Carla Maria Cunha; SOUSA, Gisélia Evangelista de. Relação dialógica literatura e psicologia: o discurso metafórico da depressão e solidão em "O buraco" de Luiz Vilela. 2009. TCC (Graduação em Letras) - Universidade Salvador, UNIFCS. Orientador: Carlos Augusto Magalhães.

SILVA, Alice Soares P. da. A banalização da violência no conto ‘A cabeça’ de LuizVilelaO professor PDE e os desafios da escola pública paranaense. Curso PDP-SEED. São José das palmeiras-PR, 2009. V II. Orientadora: Maria Beatriz Zanchet.

SILVEIRA, Maria de Fátima.  A infância nos contos de Luiz Vilela. 2008. TCC. (Graduação em Letras). Universidade Federal de Campina Grande, UFCG.

OLIVEIRA, Fabiano Sorrequia. Fantástico nos contos de LuizVilela. 47 f. 2012. TCC. (Graduação em Letras) - Universidade Católica de Brasília, Brasília. Orientador: Robson André da Silva.


SOUSA,Luana Lima deO hibridismo narrativo em Perdição, de Luiz Vilela. 2013. TCC (Graduação em Letras). UFMT, Câmpus de Rondonópolis. Orientadora: Sheila Dias Maciel.

Winkler, Gabriela. Luiz Vilela: Acervo Videográfico – O canal do GPLV, Grupo de Pesquisa Luiz Vilela,no Youtube. 2015. TCC (Graduação em Letras). UFMS, Câmpus do Pantanal, Corumbá. Orientador: Rauer Ribeiro Rodrigues.



TRABALHOS EM ANDAMENTO 
SOBRE LUIZ VILELA

PÓS-DOUTORADO:

SOUZA, Eunice Prudenciano de. Início: 2014. Universidade Federal de Mato Grosso do Sul, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior. (Supervisor: Rauer Ribeiro Rodrigues).



TESE

AMARAL, Pauliane. Luiz Vilela: uma biografia literária. Início: 2014. Tese (Doutorado em Letras / Estudos Literários) - Universidade Federal de Mato Grosso do Sul. Orientador: Rauer Ribeiro Rodrigues.

DORNELES, Marcos Rogério Heck. Vilela e Vieira: as ruínas na literatura contemporâneaInício: 2016. Tese (Doutorado em Letras / Estudos Literários) - Universidade Federal de Mato Grosso do Sul. Orientador: Rauer Ribeiro Rodrigues.

PEREIRA, Rodrigo Andrade. Acervo Luiz Vilela: a poética do escritor em depoimentos e entrevistas. Início: 2015. Tese (Doutorado em Letras) - Universidade Federal de Mato Grosso do Sul. Orientador: Rauer Ribeiro Rodrigues.

SILVA, Elcione Ferreira. O sagrado e o profano no romance de Luiz Vilela. Início: 2015. Tese (Doutorado em Letras) - Universidade Federal de Mato Grosso do Sul. Orientador: Rauer Ribeiro Rodrigues.



DISSERTAÇÃO

NEVES, Lucas Rodrigues. Acervo Luiz Vilela: retrato da onomástica na obra do ficcionista quando jovem. Início: 2015. Tese (Doutorado em Letras) - Universidade Federal de Mato Grosso do Sul. Orientador: Kelcilene Grácia-Rodrigues.



PERIÓDICOS
    
DIGITAL LUIZ VILELA. Três Lagoas: Grupo de Pesquisa Luiz Vilela, 2011-.



LIVROS
    
MAJADAS, Wania de SousaO diálogo da compaixão na obra de Luiz Vilela. Uberlândia, MG: Rauer Livros, 2000. 204 p. (Dissertação revista e atualizada). 2. ed., revista e com bibliografia atualizada. Goiânia: UCG; Kelps, 2011. 190 p. (Ver acima a seção DISSERTAÇÕES). 



ARTIGOS EM LIVROS

(clique no título, e acesse o trabalho; clique nos
nomes sublinhados e acesse o Currículo Lattes)




AMARAL, Pauliane; RODRIGUES, Rauer Ribeiro. Vozes polifônicas em dois contos de Luiz Vilela. Narrativas do eu, narrativas do mundo: narrativas do narrar. CUNHA, Betina Ribeiro Rodrigues da; ARAÚJO, Marcio de Melo; SILVA, Natali Fabiana da Costa e (organizadores). Macapá: Unifap; Rio de Janeiro: Autografia. 190 p. ISBN: 978-85-5526-746-8, p. 153-172.


MAJADAS, Wania de SousaSilêncio em Prosa e Verso: minério na fratura das palavras. (Tese revista para esta edição). Goiânia: UCG, 2007. 165 p. (Ver acima a seção TESES COM CAPÍTULOS SOBRE LUIZ VILELA).

MOISÉS, Carlos Felipe. Luiz Vilela, contista. In: VILELA, Luiz. Contos. 2. ed. São Paulo: Nankim, 2001. p. 7-13. Prefácio.
PESSOA, Silvana. Sucede que me canso de ser homem — questões em torno de alguns contos de Luiz Vilela. In: Fundação Cultural de Ituiutaba (org.). 1.ª Semana Luiz Vilela. Ituiutaba, MG: Egil, 2008.

PÓLVORA, Hélio. Luís [sic] Vilela. In: _______. A força da ficção. Petrópolis: Vozes, 1971. p. 60-63.

RAUER [Rauer Ribeiro Rodrigues]. Mimese e ideologia. In: ALTAMIRANDA, Daniel; SMITH, Esther (compiladores). Perspectivas de la ficcionalidad. Buenos Aires, Argentina: Editorial Docencia, 2005. p. 743-752.

RAUER [Rauer Ribeiro Rodrigues]. O motivo do espelho em contos de Aluísio Azevedo, Machado de Assis , Guimarães Rosa e Luiz Vilela. In: Carlinda Fragale Pate Nuñez, Germana Sales, Rauer Ribeiro Rodrigues, Roberto Acízelo de Souza e Socorro de Fátima Pacífico Barbosa (Organizadores). História da literatura: práticas analíticas, volume 2. Rio de Janeiro: Makunaíma, 2012. p. 154-176.

RAUER [Rauer Ribeiro Rodrigues]; GRÁCIA-RODRIGUES, KelcileneEpifania, desilusão e ataraxia: leituras do poema "O fotógrafo", de Manoel de Barros, e do conto "Era aqui", de Luiz Vilela. In: Wilson Ferreira de Melo, Regina Baruki-Fonseca, Márcia Regina do N. Sambugari, Rubens Rodrigues, Marcelo Dias de Moura, Joelma de Souza Nogueira e Íris Hiromi Ishi (Orgs.). Caminhos do Campus do Pantanal - UFMS. Campo Grande: UFMS, 2012. p. 65-83.




ARTIGOS EM PERIÓDICOS ACADÊMICOS

(Ctrl + clique no título em cor, e acesse o trabalho; dê Crtl + clique nos nomes sublinhados sob o cursor e acesse o Currículo Lattes; Crtl +
clique no título do periódico acessa a publicação original)


AMARAL, Pauliane. Perdição, de Luiz Vilela: um épico irônico e compassivoLinha D'Água, Brasil, v. 25, n. 1, p. 221-223, jun. 2012. ISSN 2236-4242.


AMARAL, PaulianeSOUZA, Eunice Prudenciano deO tema da evasão em contos de Luiz Vilela. Letras & Letras, [S.l.], v. 31, n. 1, p. 187-205, jul. 2015.


AQUINO, Zilda Gaspar Oliveira. A organização do diálogo na obra de Luiz Vilela. In: I Simpósio de Língua Portuguesa e Literatura – Intersecções. Belo Horizonte: PUCMinas, v. 1, 2004.

BARRETO, Evanice Ramos Lima. Formações discursivas e ideológicas em Lembrança, de Luiz VilelaLetra Magna. Salvador, ano 6, n. 12, 1.º sem. 2010.

BITTENCOURT, Gilda Neves da Silva. Luiz Vilela: o diálogo no centro da arte de contar. Ciências e Letras, FAPA. Porto Alegre, n. 34, 1.jul.2003.

CEREZOLI, Jaqueline. A morte em Luiz Vilela: “enquanto dura a festa”. Akrópolis Umuarama, v. 20, n. 1, p. 03-10, jan./mar. 2012.


CONTE, Daniel. Do fazer-se em silêncio: [   ]! Língua e Literatura. Vol. 8. n. 12, 2006. 

DANIEL, Mary L. Mirroring Machado: Guimarães Rosa and Luiz Vilela. Hispania, v. 72, Number 4, December.USA, 1989.

DI ANTONIO, Robert E. Brazilian fiction — aspects and evolution of the contemporary narrative. Fayettevile- London: The University of Arkansas Press, 1989.

FARIAS, Isaias Leonídio. Confesso que pequei – Contos eróticos de Luiz Vilela. Revista Carandá, UFMS, Corumbá, MS, v. 1, maio 2009, p. 274-277.

FERNANDES, Rinaldo de. O conto brasileiro do séc. XXIRevista Graphos, v. 14, n. 1, 2012 | UFPB/PPGL | ISSN 1516-1536.



HERMANNS, Ute. ― Luiz Vilela: ein erzahler. In: Lusorama I Beihefte 02: Frankfurt am Main, 1996.

LEVITIN, Alexis. ― Lost cause, by Luiz Vilela. Introduction and translation by Alexis Levitin. Latin American Review, XIV, n. 28, USA, July-December, 1986.

MACHADO, Serafina Ferreira. Amor e erotismo na contemporaneidade. In: SIMON, Luiz Carlos (Org.). Estudos contemporâneos de literatura e culturaMaquinações. Uel. v 1, n. 2 out./dez. 2008.

MELLO, Ana Maria Lisboa deCaminhos do conto brasileiroCiências e Letras, Porto Alegre, n. 34, p. 9-21, jul.-dez. 2003.

MISKULIN, Daniela E. de Souza Mossini . As estratégias conversacionais no diálogo literário de Luiz Vilela. Revista da APG (PUCSP), v. 1, 2004, p. 289-306.



OLIVEIRA, Margareth Laska.  O erotismo em "Cadela" de Luiz Vilela. Revista de Letras do Instituto de Humanidades da Unigranrio, v. VII, 2008, p. 89-98.

OLIVEIRA, Marta Francisco deLOUREIRO, Solange BarbosaConsumo e desejos como lógica cultural em Bóris e Dóris, de Luiz VilelaRascunhos culturais: revista do Curso de Letras, UFMS, Coxim, MS, v. 1, n. 2, p. 195-204, 2010.

PARKER, John M. Intertext, interpretant, and ideology in LuizVilelas’s Entre amigos. Portuguese Studies, Modern Humanities Research Association, University of London, v. 1, p 185-195, 1985-1986.

PEREIRA, Andréa Cristina Martins. Amor, solidão e melancolia nos contos inconclusos de Luiz Vilela. In: Osmar Pereira Oliva (org.). Corpo e mito: ensaios sobre o conto brasileiro contemporâneo. Montes Claros, MG: EdUnimontes, 2010.

.
RAUER [Rauer Ribeiro Rodrigues]"Era aqui", ficção e sociedade em um conto de Luiz VilelaRevista Alēre, UFMT, Tangará da Serra, MT, v. 6, n. 6, dez. 2012, p. 123-134.


RAUER [Rauer Ribeiro Rodrigues]; MARTINS, Waleska Rodrigues. Uma leitura do conto “Um peixe”, de Luiz VilelaCONTEXTO. Vitória: Edufes/PPGL – UFES, n. 24, 2013, p. 348- 372. 

SANCHES NETO, MiguelO romancista Luiz VilelaRevista de literatura brasileira contemporânea, Brasília, n. 31, p. 201-215, jan.-jun. 2008.

SANCRISTÓBAL, Arsenio Cicero. Luiz Vilela en La Habana. Revolucion y cultura, La Habana, Cuba, nº 7, julio 1990.

SILVA, Alice Soares P. da. Texto e contexto no conto de Luiz Vilela. O professor PDE e os desafios da escola pública paranaense. Curso PDP-SEED. São José das palmeiras-PR, 2009. V I. Orientadora: Maria Beatriz Zanchet.

SOUZA, Eunice Prudenciano de; AMARAL, Pauliane. Luiz Vilela: literatura e resistência nos romances de 1971 a 1983. Guavira Letras, Três Lagoas/MS, n.20, p. 164-176, jan./jun. 2015.

SOUZA, Eunice Prudenciano de. Em busca da infância perdida em "A Volta do Campeão"Cadernos de Semiótica Aplicada - CASA, v. 11, n. 2, dez. 2013.

TOLEDO, Rilza Rodrigues; DAL-SASSO, Sônia Maria . A diegese em Confissão de Luiz VilelaRevista Científica da FAMINAS, v. 3, 2007, p. 35-44.

VICELLI, Karina Kristiane. O índio subalterno: reflexos na literatura brasileira contemporânea. e-scrita. Revista do Curso de Letras da UNIABEU Nilópolis, v.6, Número 2, maio-agosto, 2015.

ZAMBONI, José Carlos. E Vilela deixa as coisas ― coisearem . In: Diário Regional, ―Literatura n. 23, 24 dez. 2003.

ZAMBONI, José Carlos. Luiz Vilela e a arte de esconder a arte. In: Papéis avulsos, n. 2. Universidade Estadual Paulista — Faculdade de Ciências e Letras de Assis, Departamento de Literatura, 1999.



COMUNICAÇÕES EM EVENTOS ACADÊMICOS

(Ctrl + clique no título, em verde, e acesse o trabalho; dê Crtl + clique nos nomes sublinhados sob o cursor e acesse o Lattes; Crtl +
clique no título do periódico acessa a publicação original)



AMARAL, Pauliane. A crítica às relações humanas na exploração da metalinguagem e do existencialismo em Te amo sobre todas as coisas, de Luiz Vilela. In: Fluxos literários: ética e estética, 2012, Florianópolis. Anais do Colóquio Fluxos literários: ética e estética. Florianópolis: UFSC, 2012, v. 1, p. 711-715. 

AMARAL, Pauliane; RODRIGUES, Rauer Ribeiro. Ponto de vista e focalização em "O monstro", de Luiz VilelaAnais do II Encontro Regional do Gelco - As pesquisas em Letras: diversidade e ensino. Três Lagoas: UFMS, 2011. p. 159-165. 


BELON, Antonio RodriguesO narrador em A cabeça, de Luiz Vilela5º Colóquio Internacional Marx-Engels, Unicamp, 2007.

CARVALHO, Giuliana R.; OLIVEIRA, Kenia de S.; MACIEL, Sonia Maria P. A transformação ideológica como consequência do deslocamento no plano espaço-temporal. In: FERNANDES, Cleudemar Alves [et al]. (Orgs.) Análise do Discurso: Perspectivas. Uberlândia: EDUFU, 2007. CD-ROM. ISBN: 978-85-7078-151-2

DALLA PALMA, Moacir. O Suicídio em Luiz Vilela. In: XVII Seminário do CELLIP, 2005, Guarapuava. Anais do XVII Seminário do CELLIP. Guarapuava: Unicentro, 2005. p. 1-7.

GUIMARÃES, KalinaNaro. Hostilidade e resistência senil num conto de Luiz Vilela. VI SELIMEL, 2009, Campina Grande. VI SELIMEL - Seminário Nacional sobre Ensino de Língua Materna e Estrangeira e de Literatura. Campina Grande: Bagagem, 2009.

GUIMARÃES, Kalina Naro. Camisa branca manchada de sangue: a velhice num conto de Luiz Vilela. IV Seminário sobre ensino de língua materna e estrangeira e de literatura. Campina Grande: Bagagem, 2005.


RAUER [Rauer Ribeiro Rodrigues]. O canônico e o anticanônico em Luiz Vilela. Anais Eletrônicos. Seminário Internacional. Intercâmbios Historiográficos. Universidade Federal de Sergipe, Sergipe, 16 a 19 de nov. de 2015. p. 370-375.

RAUER [Rauer Ribeiro Rodrigues]MACHADO, Karina Torres. Carnavalização e grotesco em dois contos de Luiz VilelaIII CIELLI - Colóquio Internacional de Estudos Linguísticos e Literários, Maringá, 2014.

RAUER [Rauer Ribeiro Rodrigues]CAMPOS, Luciene Lemos deNáusea e má-fé em Rubem Braga e em Luiz Vilela. SIMON, Luiz Carlos Santos; GODOY, Maria Carolina de; PASCOLATI, Sonia Aparecida Vido. Seminário Primavera dos Centenários: Rubem Braga e Vinícius de Moraes. Londrina, PR: Universidade Estadual de Londrina, 2003. p. 291-302.

RAUER [Rauer Ribeiro Rodrigues]. As muitas formas do riso em Luiz Vilela. Estudos linguísticos. Vol. 32, 2003.


SILVA, Edson Ribeiro da. A ficção autobiográfica como sentido da vida diante do tempo-para-a-morteIII CIELLI - Colóquio Internacional de Estudos Linguísticos e Literários, Maringá, 2014.

SILVA, Thiago Fagundes. O datilógrafo perfeito: vazio e despersonalização no conto uma namorada, de Luiz Vilela. Anais do VII Seminário Internacional de Literatura Brasileira: Literatura, Vazio e Danação, Montes Claros, 2013.

SOUZA, Eunice Prudenciano deLOPES, Angela Nubiato. O mundo carnavalizado em contos de Luiz VilelaIII CIELLI - Colóquio Internacional de Estudos Linguísticos e Literários, Maringá, 2014.

SOUZA, Eunice Prudenciano deMACHADO, Karina Torres.  O papel da literatura em sala de aula. Anais do SIELP, v. 3, n. 1, Uberlândia: EDUFU, 2014.

VAZ, Paula Gerez Robles Campos. Luiz Vilela e o amor paixão. XI Congresso Internacional da Abralic, São Paulo, 2008. 

ZANCHET, Maria Beatriz. Luiz Vilela: a arte do diálogo em uma literatura de situações-limite. Anais da 10ª JELL. Marechal Cândido Rondon: EDUNIOESTE, 2007.

ZOTESSO, Lígia Ribeiro de Souza. A "confissão" polifônica de Luiz VilelaIII CIELLI - Colóquio Internacional de Estudos Linguísticos e Literários, Maringá, 2014. 



PUBLICAÇÕES DIVERSAS SOBRE 
A OBRA DE LUIZ VILELA

Listagem parcial e incompleta.

GPLV solicita, e agradece, contribuições que corrijam dados aqui registrados ou informem sobre notas, registros, resenhas, artigos, comentários, análises e demais formas de recepção crítica que tratem da obra de Luiz Vilela e não estejam neste banco de dados.


A NOVA CRÍTICA, A literatura e o teste de DNA [Resenha de O filho de Machado de Assis]. 22 de out. 2016.

ANDRADE, Euclides Marques. Tremor de Terra. Suplemento Literário do Minas Gerais, Belo Horizonte, fev. de 1968, v. 3, n. 76, p. 9. 

APPEL, Carlos Jorge. Tremor de Terra. Correio do Povo, Caderno de Sábado, Porto Alegre, 6 jul. de 1968. 

ARAÚJO, Lais Corrêa. De novo o "Tremor de Terra". Suplemento Literário do Minas Gerais, Coluna "Roda Gigante", Belo Horizonte, 1 nov. de 1967. v. 2, n. 64, p. 7. 

ASSUNÇÃO, Paulinho. Maletta — BH. A cidade de cada um. Belo Horizonte: Conceito, 2010.

AZEVEDO, Cláudia Chalita. [Resenha de A cabeça]. In: Scripta, Belo Horizonte: v. 6, n. 12, 1. sem. 2003.

BARRETO, Evanice Ramos Lima. Formações discursivas e ideológicas em Lembrança, de Luiz Vilela. In: Letra Magna. Salvador, ano 6, n. 12, 1. sem. 2010.

BITTENCOURT, Gilda Neves da Silva. Luiz Vilela: o diálogo no centro da arte de contar. In: Ciências e Letras, FAPA. Porto Alegre. n. 34, 1..jul.2003.

BOSI, Alfredo. Situação e formas do conto brasileiro  contemporâneo. In: O conto brasileiro contemporâneo. Seleção de textos, introdução e notas biobibliográficas de Alfredo Bosi. São Paulo: Cultrix, 1978.

BRASIL, Assis. A nova literatura — III — o conto. Rio de Janeiro: Companhia Editora Americana/MEC, 1975.

BRASIL, Assis. A nova literatura brasileira. In: COUTINHO, Afrânio. A literatura no Brasil. Rio de Janeiro: Sul Americana, 1971.

BRASIL, Assis. Dicionário prático de literatura brasileira. Rio de Janeiro: Edições de Ouro, 1979.

CAMPEDELLI, Samira Youssef. Literatura — História & Texto, 3. 2. ed. São Paulo: Saraiva, 1995.

CANDIDO, Antonio. A educação pela noite & outros ensaios.2. ed. São Paulo: Ática, 1989.

CANGAÇO, José Maria. O enigma da pureza [Resenha de Histórias de Família]. Folha de São PauloSão Paulo. Caderno Mais. 19 Ago. 2001.

Carandá. Dossiê Bóris e Dóris — o filme. Revista do Curso de Letras do Câmpus do Pantanal — UFMS, Corumbá, MS, n. 2, 2.mai.2010.

CARNEIRO, Flávio. No país do presente: ficção brasileira no início do século XXI. Rio de Janeiro: Rocco, 2005.

CARPEAUX, Otto Maria. Pequena bibliografia crítica da literatura brasileira. Apêndice de Assis Brasil. Rio de Janeiro: Edições de Ouro, 1979.

CARRERO, Raimundo. Os segredos da ficção: um guia da arte de escrever narrativas. Rio de Janeiro: Agir, 2005.

CASTELLO, José Aderaldo. A literatura brasileira — origens e unidade, vol. II. São Paulo: Edusp, 1999.

CASTELLO, José. A ironia pós-moderna de VilelaO Estado de São Paulo, São Paulo, 29 Set. 2002. 

CASTELLO, José. As inconstâncias do mundoO Globo, Rio de Janeiro, 11 Jan. 2014. [Veja também aqui].

COELHO, Nelly Novaes. O ensino da literatura. Rio de Janeiro/ Brasília: José Olympio/INL, 1973.

Conversa com escritores: diversidade cultural. Tania M. K. Rösing, Paulo Becker e Eliana Teixeira (org.) Passo Fundo, RS: UPF Editora, 2007.

COSTA, Cristiane. Escritores jornalistas no Brasil, 1904-2004.São Paulo: Companhia das Letras, 2005.

COUTINHO, Afrânio et alii. Enciclopédia de literatura brasileira. 2. ed. rev. ampl. atual. e il. São Paulo: Global, 2001.

CUNHA, Fausto. A leitura aberta. Rio de Janeiro/Brasília: Cátedra/INL, 1978.

CUNHA, Fausto. Situações da ficção brasileira. Rio de Janeiro-São Paulo: Forense, 1969.

DAMASCENO, Darcy. Um contista revelado. Correio da manhã, Rio de Janeiro, 31 mar. de 1968.

DANIEL, Mary L. Mirroring Machado: Guimarães Rosa and Luiz Vilela. Hispania, v. 72, Number 4, December. USA, 1989.

Deus sabe o que faz. Faculdade de Comunicação e Artes da Pontifícia Universidade Católica de Minas Gerais. Minas Gerais: Rádio Online."Machadão 001". (5 min, ouça aqui).

DI ANTONIO, Robert E. Brazilian fiction — aspects and evolution of the contemporary narrative. Fayettevile-London:  The University of Arkansas Press, 1989.

Diversidade cultural: o diálogo das diferenças. Tania M. K. Rösing e Miguel Rettenmaier (org.) Passo Fundo, RS: UPF Editora, 2007.

DUARTE, José Afrânio Moreira. Palavra puxa palavra (entrevistas). São Paulo: Editora do Escritor, 1982.

Enciclopédia do Estudante, vol. 14, “Literatura em língua portuguesa”. São Paulo: Moderna/O Estado de S. Paulo, 2008.

FAJARDO, Elias. Crítica: Luiz Vilela em um diálogo bem-humorado e cheio de nuances. [Resenha sobre O filho de Machado de Assis]. O Globo.  Rio de Janeiro, 10 de dez. 2016. 

FARACO, Sergio e DIAS, Paulo Dirceu. Snooker: tudo sobre a sinuca. Porto Alegre: L&PM Editores, 2005.

FORTES, Rita Felix e ZANCHET, Maria Beatriz. Saber e sabor: o lugar do conto na escola. Foz do Iguaçu: Editora Parque, 2007.

FOSTER, David William e REIS, Roberto. A dictionary of contemporary brazilian authors. Tempe, Arizona State University, Center For Latin American Studies, 1981.

FRANCO, Renato. Itinerário político do romance pós-64: A festa. São Paulo: UNESP, 1999.

FRANCO, Renato. O romance de resistência nos anos 70. Trabalho apresentado no XXI LASA CONGRESS 1998, Chicago, EUA, 1998. 

GALVÃO, Walnice Nogueira. As musas sob assédio: literatura e indústria cultural no Brasil. São Paulo: Editora Senac, 2005.

GOMES, Celuta Moreira. O conto brasileiro e sua crítica. (1941-1974). Rio de Janeiro: Biblioteca Nacional, 1977.

GOMES, José Edson. A ficção renovada. Jornal do Brasil, Rio de Janeiro, Suplemento do Livro, 16 set. de 1967.

Grande Enciclopédia Larousse Cultural. São Paulo: Nova Cultural, 1998.

Guias Unibanco Brasil. São Paulo: BEI, 2006.

Guias Unibanco Brasil: Minas Gerais. São Paulo: BEI, 2005.

GUIMARÃES, Ronaldo. Parque Municipal — BH. A cidade de cada
 um
Belo Horizonte: Conceito, 2007.

GURRÍA-QUINTANA, Ángel. Right place, right time. The Financial Times, London, England, 2.out.2004.

HERMANNS, Ute. “Luiz Vilela: ein erzahler”. In: Lusorama I Beihefte 02: Frankfurt am Main, 1996.

HOHLFELDT, Antônio, Conto brasileiro contemporâneo. Porto Alegre: Mercado Aberto, 1981.

JOZEF, Bella. Antologia general de la literatura brasileña. Compilacion y traduccion de Bella Jozef. México, Fondo de Cultura Económica, 1995.

JOZEF, Bella. O conto brasileiro contemporâneo: transgressão e metamorfose. In: Estudos universitários de língua e literatura. Rio de Janeiro: Tempo Brasileiro, 1993.

Kindlers Neues Literatur Lexikon. Alemanha, 2005.

KUROISHI, Carla K.; RAMOS; Fabiana Genila; PATRIOTA, Laíz Marques.  Bóris e Dóris, de Luiz Vilela [Resenha]. Ficção Brasileira Contemporânea (2000-2007). PIPE 2008-II Projeto integrado de Prática Educacional do curso de Letras. 18 de fev. a 26 de maio de 2008.

LEITE, Alciene Ribeiro. Luiz Vilela. In: Alciene Ribeiro Leite, O livro de (quase) todos. Ituiutaba, MG: Fundação Cultural  de Ituiutaba, 2004.

LEITE, Ligia Chiappini Moraes. O foco narrativo. 10 ed. 4. reimpr. São Paulo: Ática, 2002.

LEPECKI, Maria Lúcia Tôrres. Prêmio Nacional de Ficção. O Estado de S. Paulo. Suplemento Literário,  21 out. de 1967.

LEVITIN, Alexis. “Lost cause”, by Luiz Vilela. Introduction and translation by Alexis Levitin. Latin American Review, XIV, n. 28, USA, July-December, 1986.

LIDMILOVÁ, Pavla. Alguns temas da literatura brasileira. Rio de Janeiro/Brasília: Nórdica/INL, 1984.

LIDMILOVÁ, Pavla. O conto brasileiro: a crítica e o sonho. In: Ibero-Americana Pragensia. Praga, 1975.

LINHARES, Temístocles. 22 diálogos sobre o conto brasileiro atual. José Olympio: 1973.

LINHARES, Temístocles. Diálogos sobre o romance brasileiro. São Paulo / Brasília: Melhoramentos / Instituto Nacional do Livro, 1978. 

LISPECTOR, Clarice. Literatura de vanguarda no Brasil. In: Outros escritos. Teresa Montero e Lícia Manzo (org.) Rio de Janeiro: Rocco, 2005.

LUCAS, Fábio. Crítica sem dogma. Belo Horizonte: Imprensa Oficial do Estado de Minas Gerais, 1981.

LUCAS, Fábio. Do barroco ao moderno — vozes da literatura brasileira. 2. ed. São Paulo: Ática, 1989.

LUCAS, Fábio. Mineiranças. Belo Horizonte: Oficina de livros, 1981.

LUCAS, Fábio. O caráter social da literatura brasileira. Rio de de Janeiro. Paz & Terra, 1970.

MAJADAS, Wania de Sousa. Silêncio em prosa e verso: minério na fratura das palavras. Goiânia: Editora da UCG, 2007.


MARIA, Carla. Conto “O buraco”, Luiz Vilela. Recanto das Letras. Código do texto: T2240818. 06 de maio 2010. 

MARQUES, Rodrigues. Palavras sobre medida. Jornal do Brasil, Suplemento do Livro.  Rio de Janeiro, 18 nov. de 1967. 

MARTINS, Wilson. Música de câmara. Introdução a Os melhores contos de Luiz Vilela. São Paulo: Global, 1988.

MARTINS, Wilson. O conto brasileiro. Introdução a Vinte contos brasileirosSeleção e notas de R. Anthony Castagnaro. Washington, D.C.: Georgetown University Press, 1980.

MARTINS, Wilson. Pontos de vista. 13 volumes. São Paulo: T. A. Queiroz, julho de 1991 a maio de 1997. (Ver comentários sobre Luiz Vilela ou referências a ele nos volumes 9, 10, 11, 12 e 13).

MASSI, Augusto. O demônio do deslocamento. Introdução a Histórias de família, de Luiz Vilela. São Paulo: Nova Alexandria, 2000.

MEDINA, Cremilda de Araújo. A posse da terra — escritor brasileiro hoje. Lisboa, Imprensa Nacional — Casa da Moeda, São Paulo, Secretaria da Cultura do Estado de São Paulo, 1985.

MENEZES, Raimundo de. Dicionário literário brasileiro ilustrado, 5 vols. São Paulo: Saraiva, 1969.

MINDLIN, Dulce Maria Viana. Ficção e mito: à procura de um saber. Goiânia: Centro Editorial e Gráfico da UFG, 1992.

MOISÉS, Carlos Felipe. Luiz Vilela, contista. Introdução a Contos, de Luiz Vilela, 2. ed. São Paulo: Nankin, 2002.

MOISÉS, Massaud e PAES, José Paulo. Pequeno dicionário de literatura brasileira. 2. ed. São Paulo: Cultrix, 1980.

MOISÉS, Massaud. História da literatura brasileira. v. III, Modernismo (1922-Atualidade). 6. ed. rev. e atual.. São Paulo: Cultrix, 2001.

MONDO, Nathália. "O filho de Machado de Assis" - Luiz Vilela: COMENTÁRIO. Youtube Br, 02 fev. 2017.  

MOURÃO, Rui. O conto de Minas Gerais. Apresentação de Flor de vidro, antologia de autores mineiros, categoria contos. Organização de Wagner Torres. Belo Horizonte: Editora Arte Quintal, 1991.

O escritor nas bibliotecas: diálogos e debates, 1993-1994. São Paulo, Secretaria Municipal de Cultura, 1995.

O livro do seminário. 1. Bienal Nestlé de Literatura Brasileira. São Paulo: LR Editores, 1982.

OLIVEIRA, Éris Antônio de. Sobre a narrativa de Luiz Vilela. In: Estudos — Revista da UCG, Goiânia, n. 18 (1/4), 1991.

Para gostar de ler. 19. ed. São Paulo: Ática, 2010.

PARKER, John M. Brazilian fiction, 1950-1970. Scotland, The University of Glasgow, Institute of Latin American Studies, Occasional Papers, n. 9, s.d.

PARKER, John M. Intertext, interpretant, and ideology in Luiz Vilela’s Entre amigos. In: Portuguese Studies. V. 2. Departament of Portuguese and Brazilian Studies, King’s College, University of London, England, 1976.

PEREIRA, Andréa Cristina Martins. Amor, solidão e melancolia nos contos inconclusos de Luiz Vilela. In: Osmar Pereira Oliva (org.) Corpo e mito: ensaios sobre o conto brasileiro  contemporâneo. Montes Claros, MG: Editora Unimontes, 2010.

PEREIRA, Edgar. Mosáico insólito — ensaios e resenhas de literatura brasileira. Rio de Janeiro: 7Letras, 2006.

PESSOA, Silvana. Sucede que me canso de ser homem — questões em torno de alguns contos de Luiz Vilela. In: 1. Semana Luiz Vilela. Fundação Cultural de Ituiutaba (org.) Ituiutaba, MG: Egil, 2008.

PICCHIO, Luciana Stegagno. História da literatura brasileira. Rio de Janeiro: Nova Aguilar, 1997.

PIMENTEL, José Renato. Diálogo em Luiz Vilela (I). Suplemento Literário do Minas Gerais, Belo Horizonte,1 jun. de 1968, v. 3, n. 96, p. 9. 

PÓLVORA, Hélio. A força da ficção. Petrópolis: Vozes, 1971.

PRETI, Dino. O diálogo num confessionário. In:_______ (org.) Diálogos na fala e na escrita. São Paulo: Humanitas, 2005.

RAMA, Ángel. Meio século de narrativa latino-americana. In: Flávio Aguiar e Sandra Guardini T. Vasconcelos (org.) Ángel Rama. São Paulo: Editora da Universidade de São Paulo, 2001.

RAMOS, Maria Luiza. Fenomenologia da obra literária.Rio de Janeiro/São Paulo: Forense, 1969.

RAUER. (Rauer Ribeiro Rodrigues) (Org.). Deus sabe o que faz [resenhas]. Diário Regional. Ituiutaba - MG, n. 34, 21 mai. 2004.

RAUER. (Rauer Ribeiro Rodrigues). Fronteiras bíblicas em “Cadela”, de Luiz Vilela. Travessias — IX Congresso Internacional ABRALIC, Porto Alegre, 18.jul.2004.

RAUER. (Rauer Ribeiro Rodrigues). A recepção crítica ao romance Entre amigos, de Luiz Vilela. 52. Seminário do Gel — Programação e resumos, Campinas, SP, 29.jul.2004.

RAUER. (Rauer Ribeiro Rodrigues). Mimese e ideologia. Tercer Simposio Internacional, Centro de Estudios de Narratologia, “Perspectivas de la ficcionalidad”, Resúmenes. Buenos Aires, Argentina, 21.jul.2004.

RESENDE, Vânia Maria. O menino na literatura brasileira. São Paulo: Perspectiva, 1988.

Revista Projeção. Edição Especial. Luiz Vilela: 50 anos de literatura. “Eu escrevo porque gosto de escrever” (entrevista a Giovanni Ricciardi). Ituiutaba, MG, n. 15, novembro de 2007.

RICCIARDI, Giovanni. Escrever — 2. Bari: Ecumenica editrice, 1994.

RODRIGUES, Sérgio. Do lugar-comum ao lugar incomum. Introdução a Três histórias fantásticas, de Luiz Vilela. São Paulo: Scipione, 2009.

RODRIGUES, Hila. “Memórias, palavras econstruções”. 3ª Semana Luiz Vilela [Palestra]. Ituiutaba, 10 a 14 de maio 2010. 

SANCHES NETO, Miguel. Clareza e enigma. Introdução a Contos, de Luiz Vilela, 3. ed. São Paulo: Scipione, 2009.

SANCHES NETO, Miguel. O romancista Luiz Vilela. In: Estudos de literatura brasileira contemporânea, n. 31, Brasília, janeiro/junho de 2008. Publicado também, depois, com algumas alterações, em 1. Semana Luiz Vilela. Fundação Cultural de Ituiutaba (org.) Ituiutaba, MG: Egil, 2008.

SANCRISTÓBAL, Arsenio Cicero. Luiz Vilela en La Habana. In: Revolucion y Cultura, n. 7, julio de 1990, La Habana, Cuba.

SANT’ANNA, Affonso Romano de. A mulher madura. 2. ed. Rio de Janeiro: Rocco, 1996.

SARTORI, Ana Flávia Lage. “Sou apenas um contador de histórias” (Uma entrevista com Luiz Vilela). In: Revista do Centro de Estudos Portugueses, FALE/UFMG, v. 25, n. 34, jan.-dez.2005.

Semana Luiz Vilela, 1.. Fundação Cultural de Ituiutaba (org.) Ituiutaba, MG: Egil, 2008.

Seminário de ficção mineira II — de Guimarães Rosa aos nossos dias. Belo Horizonte, Conselho Estadual de Cultura de Minas Gerais, 1983.

SILVERMAN, Malcolm. Moderna sátira brasileira. Rio de Janeiro: Nova Fronteira, 1987.

SILVERMAN, Malcolm. O novo conto brasileiro. Antologia  crítica com anotações e exercícios gramaticais. Rio de Janeiro: Nova Fronteira, 1985.

SILVERMAN, Malcolm. Protesto e o novo romance brasileiro. Trad.: Carlos Araújo. Porto Alegre/São Carlos: Ed. Universidade-UFRGS/   Ed. Universidade de São Carlos, 1995.

SILVERMAN, Malcolm.[Resenha de Te amo sobre todas as coisas]. Noted. World Literature Today. Norman, Oklahoma-USA. V. 70, Issue 1, Winter 96, p. 180. 

SLMG, Luiz Vilela lança livro e ganha prêmio em Brasília. Suplemento Literário do Minas, Belo Horizonte, 1 maio de 1967, v. 2, n. 37, p. 7.

SOL. "No bar" está chegando. Sol, Belo Horizonte, 9 nov. de 1967.

STEEN, Edla van. Viver & Escrever. v. 2. Porto Alegre: L&PM Editores, 1982.

STERN, Irwin. Dictionary of brazilian literature. New York. Westport. Connecticut. London: Greenwood Press, 1988.

TOLMAN, Jon M. Brazil’s new prose. Introdução a Brazilian stories: 1956-1977The Literary Review, Summer 1984, v. 27, n. 4. USA, New Jersey, Fairleigh Dickinson University.

TUFANO, Douglas. Estudos de literatura brasileira. 4. ed. rev. e amp. São Paulo: Moderna, 1988.

WERNECK, Humberto. 1920-1970: meio século de literatura mineira nos periódicos. In: Olhares sobre Minas: sugestões de leitura. Maria Augusta da Nóbrega Cesarino (org.) Belo Horizonte: Secretaria de Estado de Cultura de Minas Gerais, Superintendência de Bibliotecas Públicas, 2008.

WERNECK, Humberto. O desatino da rapaziada — jornalistas e escritores em Minas Gerais. São Paulo: Instituto Moreira Salles/Companhia das Letras, 1992.

WEY, Valquiria. Prólogo à Nueva antologia del cuento brasileño contemporaneo. Organização de Valquiria Wey. México, Direccion de Literatura/UNAM, 1996.

ZAMBONI, José Carlos. Luiz Vilela e a arte de esconder a arte. In: Papéis avulsos. N. 2. Universidade Estadual Paulista — Faculdade de Ciências e Letras de Assis, Departamento de Literatura, 1999.


DEPOIMENTOS

VILELA, Luiz. Conversa entre Amigos. Depoimento e debate. Ponta Grossa (PR), novembro de 2014. (Mediação: Miguel Sanches Neto). Para baixar: vídeo 1, aqui; vídeo 2, aqui; Vídeo 3, aqui. [Veja notícia e assista aos vídeos no Youtube, aqui].



FILMES

2 Homens. Direção: Helvécio Marins Jr. Belo Horizonte: 2001. 1 DVD (5min), son., p&b.

A Cabeça. Direção: Éder Santos. Com Giulia Gam. São Paulo: TV Cultura, s/d. “Contos da meia-noite”.

A Chuva nos Telhados Antigos
. Direção: Rafael Conde. Belo Horizonte: Filmegraph, 2006. 1 DVD (15 min), son., color.

Arremate
. Direção: Cláudio Costa Val. Belo Horizonte: 2006. 1 DVD (21min), son., color. [Adaptação do conto “Fazendo a barba”.]

Bóris & Dóris - o filme. Direção de Rauer Ribeiro Rodrigues. Corumbá, MS: CPAN-UFMS, 2007. 48min44seg. Arquivo wmv. [Dividido em seis capítulos, assista ao filme no YouTube, clicando aqui]. (Dossiê sobre o filme, aqui).

Calor
. Direção: Breno Milagres. Belo Horizonte: Rede Minas, s.d. “Contos de Minas”.

Confissão. Direção: Reynaldo Paes de Barros. Campo Grande: Fundação de Cultura de Mato Grosso do Sul, 2014.


Eu Estava Ali Deitado. Direção: Éder Santos. Com Matheus Nachtergaele. São Paulo: TV Cultura. “Contos da meia-noite”. 

Felicidade
. Direção: Éder Santos. Com Paulo César Pereio. São Paulo: TV Cultura, s.d. “Contos da meia-noite”. 

Françoise
. Direção: Rafael Conde. Com Débora Falabella. Belo Horizonte: Filmegraph, 2001. 1 DVD (22min), son., color. 

Freiras em Férias
. Direção: Breno Milagres. Belo Horizonte: Rede Minas, s.d. “Contos de Minas”.

Más Notícias
. Direção: Breno Milagres. Belo Horizonte: Rede Minas, s.d. “Contos de Minas”. 

Matem... Os outros! Direção: Reynaldo Paes de Barros. Campo Grande: Fundação de Cultura de Mato Grosso do Sul, 2014. [Uma passagem do filme é livremente inspirada em um conto de Luiz Vilela].

O Monstro
. Direção: Breno Milagres. Belo Horizonte: Rede Minas, s.d. “Contos de Minas”.

Rua da Amargura
. Direção: Rafael Conde. Belo Horizonte: Filmegraph, 2003. 1DVD (14min), son., color. Prêmio de melhor curta do Festival de Cinema de Brasília. 

Suzy
. Direção: Breno Milagres. Belo Horizonte: Rede Minas, s.d. “Contos de Minas”. 

Tarde da Noite
. Direção: Roberto Farias.  Com Maitê Proença, Daniel Dantas e Lília Cabral. Rio de Janeiro: TV Globo, 2001. Série Brava Gente. 

The end of everyting
. Ituiutaba, MG: Curso de Letras – FEIT/UEMG, s.d. [Adaptação do conto “O Fim de Tudo”.] 

Uma Namorada. Direção: Rafael Morais. Belo Horizonte: IEC / PUC Minas – Pós-Graduação em Cinema – Instituto de educação continuada, 2006. 1 DVD (13 min), son., color.http://buscatextual.cnpq.br/buscatextual/visualizacv.do?metodo=apresentar&id=K4775380U4http://buscatextual.cnpq.br/buscatextual/visualizacv.do?metodo=apresentar&id=K4775380U4